Artigos

 

Capítulo de Livro

 

Dissertação

 

Material Audiovisual

  • Um Mar de Integração: O Rio Joapy se configura em uma fonte essencial de recursos naturais para a população que vive ao seu entorno e para os animais e plantas que usam de suas águas. Porém, ao longo de sua extensão é possível identificar uma grande quantidade de atividades humanas que, quando mal planejadas, impactam negativamente a qualidade de suas águas e, consequentemente, a vida das pessoas que dependem do rio. Mas, o que aconteceu com o Rio Joapy? Confira a resposta para essa pergunta, além das ações e políticas públicas desenvolvidas para o combate a esse problema no vídeo Um Mar de Integração

  • Un Mar de Integración: El Río Joapy se configura en una fuente esencial de recursos naturales para la población que vive a su alrededor y para los animales y plantas que usan de sus aguas. Sin embargo, a lo largo de su extensión es posible identificar una gran cantidad de actividades humanas que, cuando mal planeadas, éstas impactan negativamente la calidad de sus aguas y, consecuentemente, la vida de las personas que dependen del río. Pero, ¿qué pasó con el Río Joapy? En este vídeo se puede ver la respuesta a esta pregunta y las acciones y políticas públicas desarrolladas para combatir este problema (Un Mar de Integración).

  • CARTILHAUm Mar de Integração

     

Câmara técnica de Integração da Gestão das Bacias Hidrográficas e dos Sistemas Estuarinos e Zona Costeira - CTCOST

Vinculada ao Conselho Nacional de Recursos Hídricos. Foi ativa entre 2005 a 2019.

Competências:

  • analisar e propor mecanismos de integração das políticas de gestão de recursos hídricos e de gerenciamento costeiro, considerando também as demais políticas públicas incidentes;
  • propor mecanismos de integração dos instrumentos das políticas e indicadores comuns para o gerenciamento de recursos hídricos na zona costeira e sistemas estuarinos;
  • analisar e propor ações visando a minimização ou solução de conflitos de uso de recursos hídricos na zona costeira e sistemas estuarinos;
  • propor mecanismos de intercâmbio técnico e institucional entre as instâncias responsáveis pelas respectivas políticas;
  • analisar, estudar e emitir pareceres sobre assuntos afins;
  • exercer competências do CNRH que lhe forem especialmente delegadas pelo Plenário.

Para documentos e maiores informações: clique aqui